Horário de atendimento estendido: Quartas-feiras até às 21h

(83) 3341-1089 | (83) 98752-2489
Notícias
Slider
Fotografia de exame de ressonância magnética

Tomografia Computadorizada x Ressonância Magnética

Conheça as diferenças entre esses dois exames

 A Tomografia Computadorizada (TC) e a Ressonância Magnética (RM) são exames de imagem utilizados quando há suspeita de alguma anormalidade e que possuem diferenças referentes aos seus mecanismos de funcionamento, aplicações e contra indicações.
Tendo em vista que é muito comum dúvidas a respeito deles, que tal aprendermos as principais diferenças entre eles?!

Como funcionam a tomografia e a ressonância magnética?

A tomografia é realizada em um aparelho chamado tomógrafo, que emite raios-X sobre o paciente, viabilizando a obtenção de imagens de alta qualidade, em que ossos, órgãos, ar, água, entre outros, podem ser diferenciados, uma vez que possuem densidades diferentes e reagem aos raios distintamente. Esse exame é não invasivo, a sua duração, geralmente, é entre 10 a 30 minutos, a depender da área do corpo que está sendo analisada, e as imagens obtidas são horizontais e em 3D.
A ressonância magnética também é um exame não invasivo realizado em um aparelho específico.  O aparelho de ressonância magnética não emite radiação, mas tem um grande ímã que interage com o corpo do paciente através de campo magnético e pulsos de radiofrequência e as imagens são geradas a partir sinais emitidos por cada estrutura do corpo, permitindo a formação de um “retrato” 3D do interior do corpo. O exame dura, em média, de 15 a 45 minutos e as imagens obtidas podem ser visualizadas em três planos: horizontal, vertical e com corpo segmentado em camadas.
Na Campimagem, utilizamos um maquinário de Ressonância Magnética anti-claustrofóbico com um local de execução de exame maior, visando garantir a comodidade e segurança dos nossos pacientes durante a realização do exame.

Quais são as diferenças relacionadas às aplicações desses exames?

Apesar de tanto a Tomografia, quanto a Ressonância Magnética, fornecerem imagens de alto detalhamento, a indicação de cada uma depende da região que está sendo investigada e das hipóteses diagnósticas formuladas pelo médico que está acompanhando o paciente. Em certos casos, esses exames podem até mesmo ser utilizados de forma em que um complementa o outro.

Existem contraindicações?

Devido à radiação ionizante, gestantes não podem ser submetidas à Tomografia e, quando se trata de uma TC com contraste, há contraindicação para pessoas com alergia ao iodo.
Já a ressonância não deve ser realizada em portadores de: marca-passo, implante coclear, desfibrilador cardíaco implantável, prótese vascular, stent vascular, prótese ortopédica, DIU e fragmentos de metal no corpo (como projéteis de arma de fogo) e algumas tatuagens (certas tintas possuem sais metálicos na composição).

Qual é a melhor opção?

Levando em consideração que esses exames possuem diferentes aplicações, o médico especialista deve indicar aquele que se encaixa melhor no caso do paciente.


Agora que você já sabe qual a diferença entre tomografia e ressonância, escolha um centro de diagnóstico que tenha profissionais qualificados e equipamentos de qualidade para a realização do exame. Na Campimagem, você encontra os equipamentos mais modernos da região e médicos dispostos a lhe atenderem com humanização e qualidade!

Contatos

Endereço

  • Rua Rodrigues Alves, 603

  • Campina Grande – PB

  • CEP: 58400-500


Todos os Direitos Reservados | 2020

Entre em contato pelo Whatsapp

Entre em contato pelo Whatsapp
Close and go back to page